CAMPIA campia

É um vocábulo arcaico, que significa “terra lavradia”. É uma das 9 freguesias do concelho de Vouzela e situa-se no extremo oeste do concelho, numa várzea plana da serra do Caramulo.
Fica a 15 Km da sede do concelho. Possui uma área aproximada de 39,3 km2, representando a maior freguesia do concelho (20% do território concelhio). Tem uma densidade populacional de 42 hab/km2.
É constituída pelos seguintes aglomerados populacionais: Adside, Albitelhe, Cambarinho, Campia, Cercosa, Crasto, Fiais, Lousa, Malhadouro, Rebordinho, Seixa, Selores e Vales.
O seu padroeiro é S. Miguel Arcanjo, cuja festa se celebra no dia 29 de Setembro.

IGREJA PAROQUIAL igreja

Existe desde tempos remotos. No decurso do séc. XVIII, sofreu grandes transformações e ampliações, devido ao aumento da população e também, provavelmente, a maiores potencialidades económicas.
Este templo, de nave única, com capela-mor retangular, possui talha no retábulo mor, colaterais e púlpitos em estilo Rococó.
A fachada é Barroca, mas de cariz popular.

 

RESERVA BOTÂNICA LOENDROS (1km de distância) loendros

O Loendro ou Rhododendron é uma planta do terciário, que resistiu em poucos lugares.
A maior área loendral da Península Ibérica, surge em Campia – Cambarinho, na vertente norte da serra do Caramulo.
Cresce espontaneamente, emoldurando o ribeiro de Cambarinho, afluente do rio Alfusqueiro, com suas folhas verdes e alongadas e flores vermelho-violáceas de rara beleza.
Floresce de meados de Maio a meados de Junho, proporcionando aos visitantes, um magnífico espetáculo de cor e beleza natural.
A importância deste núcleo, levou à criação da primeira Reserva Botânica Nacional (Decreto-Lei nº 364/71 de 25 de Agosto).

Castro de Cabeço do Couço – Crasto – Campia  (4 km de distância)

É um povoado que remontará ao Bronze final (séc. XI – XIII, A.C. ), tendo tido o seu apogeu na Idade do Ferro.
O abandono deste castro, terá ocorrido nos primeiros séculos da nossa Era, durante o domínio romano.
Hoje está classificado como imóvel de interesse Público pelo IPPC.

Praia Fluvial de Porto Várzea pria

Um dos locais mais aprazíveis do concelho – a praia fluvial de Porto Várzea, utilizada para lazer e descontração, com parque de merendas, parque infantil e um bar/restaurante nas margens do rio Alfusqueiro.

Monumento em homenagem aos Combatentes do séc. XX combatentes

Foi erigido pelos combatentes das Forças Expedicionárias, tendo sido inaugurado em 13 de Novembro de 1999 em homenagem aos campienses combatentes deste século. Lembra aos vindouros a participação de muitos naturais de Campia na Guerra Colonial, na 1ª Grande Guerra e em expedições a África e à India.

Monumento à Virgem Milagrosa sra

Mandado construir em 2013, sobre a colina sobranceira à localidade, por uma ilustre família de Campia, em ação de graças por bênçãos recebidas.
O monumento, com cerca de 15 metros de altura, reproduz a imagem da Virgem, no modelo representado na Medalha Milagrosa, que muitos cristãos usam, como testemunho da sua devoção à Virgem, a quem confiam as suas preocupações e alegrias, sendo hoje local de peregrinações.

#

Além dos locais mencionados, tem um conjunto de infra-estruturas de apoio à população: Farmácia, Posto de Saúde, Bombeiros, Escola Básica Integrada, Jardim de Infância, Restaurantes, Cafés, uma Quinta para Eventos, Parque Desportivo, Banco e uma Zona Industrial.

#Outros locais no concelho dignos de visita#

Museu Municipal de Vouzela museu

Inaugurado em Agosto de 1963, passou a ser museu municipal em Abril de 1976. Divide-se em três salas, com exposições permanentes de etnografia, arte sacra e brinquedos. Possui ainda uma sala para exposições temporárias.

Torre Medieval de Cambra
Torre Medieval de Alcofra
Torre Medieval de Vilharigues torre

São construções fortificadas, inspiradas na Torre de menagem e datadas dos séc. XII e XIII.
Serviram de residência à pequena e média nobreza, funcionando um pouco como sinal de riqueza e poder dos proprietários.
Atualmente estão inseridas num percurso turístico no concelho de Vouzela.

Termas de S. Pedro do Sul termas

Situadas no coração de Lafões, a cerca de 18 km da Casa das Origens, contam com cerca de 2000 anos de história. São as de maior dimensão a nível nacional e estão qualificadas entre as melhores da Europa.
Abertas durante todo o ano, colocam à disposição dos aquistas, dois balneários termais: o clássico balneário Rainha Dª Amélia e o amplo balneário D. Afonso Henriques.

:.: Links Úteis :.:

http://www.visitcampia.pt

http://www.cm-vouzela.pt/

http://www.museu-caramulo.net/